Roqui e Muguissi em: ratos sujos


Antimidia

Acordei com a cabeça latejando. Meu cérebro pulsava. Devia ter ido a um hospital. Devia ter feito isso há uns dez anos. Não passei do sofá da sala. Estacionei lá até o telefone tocar pouco antes do meio dia. “Tenho outro trabalho para você!” Antigamente as pessoas falavam “alô” ou “bom dia”. Nos dias de hoje educação é coisa de quem tem tempo para perder. “E o que você vai querer em troca?” Com essa gente você tem que ser claro e objetivo. “Sua alma e seu sangue por cem pratas.” “Vendido.” “Esteja no meu escritório a meia noite para falarmos dos detalhes.” Desliguei o telefone. Diante de uma madrugada inteira de trabalho resolvi tirar um cochilo. Os comprimidos não foram o suficiente para amenizar alguns dos carmas que me perseguiam a anos.

Voltei a realidade com os mesmos problemas e os mesmos dilemas: “O que é a vida? Da…

Ver o post original 593 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: