Arquivos Mensais: junho \28\UTC 2014

All Star #37

Antimidia Blog

Foto | Antimidia Foto | Antimidia

Se andasse armado me mataria ao menos dez vezes por dia. A primeira seria logo ao acordar. Qualquer um que já teve 17 anos sabe o quão difícil é encarar a escola as vezes. Não aguento mais ver a Ana Paula namorando aquele cretino do Toni. Também esta ficando complicado aceitar o fato de que o ano vai acabar e não vou entrar em nenhuma universidade. A idéia de continuar vivendo numa cidadezinha do interior me apavora. Partindo deste ponto, não vale muito mais a pena estudar. Sendo assim dormir mais um pouco e chegar na segunda aula não vai mudar nada. Talvez seja melhor não sofrer com isso hoje.

Fui para a casa do professor Jones. Ele era um senhor que resistia a aposentadoria em nome da literatura. Falava pouco e sempre escutava o que qualquer um tivesse a dizer como se fosse a coisa mais…

Ver o post original 579 mais palavras

Roqui e Muguissi em: ratos sujos

Antimidia Blog

Acordei com a cabeça latejando. Meu cérebro pulsava. Devia ter ido a um hospital. Devia ter feito isso há uns dez anos. Não passei do sofá da sala. Estacionei lá até o telefone tocar pouco antes do meio dia. “Tenho outro trabalho para você!” Antigamente as pessoas falavam “alô” ou “bom dia”. Nos dias de hoje educação é coisa de quem tem tempo para perder. “E o que você vai querer em troca?” Com essa gente você tem que ser claro e objetivo. “Sua alma e seu sangue por cem pratas.” “Vendido.” “Esteja no meu escritório a meia noite para falarmos dos detalhes.” Desliguei o telefone. Diante de uma madrugada inteira de trabalho resolvi tirar um cochilo. Os comprimidos não foram o suficiente para amenizar alguns dos carmas que me perseguiam a anos.

Voltei a realidade com os mesmos problemas e os mesmos dilemas: “O que é a vida? Da…

Ver o post original 593 mais palavras

Quem não aposta não ganha

Antimidia Blog

AntimidiaBlog - Quem não joga não ganhaAquele dia tinha tudo para dar errado. Devia ter percebido logo que acordei. Qualquer movimento que fazia provocava uma onda de dor que se espelhava na velocidade da luz e parecia que ia explodir na minha cabeça. O Senhor, com toda sua sabedoria, me fez assim, alcoólatra e viciado em cocaína, o que ele faria comigo se eu o contrariasse? Não sabia onde estava nem quem era a garota do meu lado. Tentei não fazer muito barulho, mas não foi fácil me equilibrar para colocar a calça e acabei caindo em cima do criado mudo. Ela acordou e me ofereceu um café. Respondi que tinha sido uma noite inesquecível e fui embora. Não foi bem assim, mas era tudo que ela queria escutar para me deixar sair sem perguntas. Passei por um brechó, comprei um terno e uma gravata. De lá, já trajado, fui direto para o Bar do Jaime…

Ver o post original 595 mais palavras

Exploração de crianças no século 21

Scan0022
Infelizmente, quem mais sofre com esse tipo de crime são as pessoas de classe baixa. A necessidade financeira e a desigualdade social acabam vitimizando crianças e adolescentes que, por suas condições financeiras, são selecionados para serem explorados sexualmente.
Por: Vanessa Silva Ferreira – 5º período de Direito da Unipac-Aimorés Continuar Lendo →