Material de Zion


img_630_teaser-material-de-zion-vac-2013Arte com atitude MCs Monge e Matéria Prima se apresentam com convidados no Palácio das Artes
Por: Ailton Magioli
A partir do Duelo de MCs Monge e Matéria Prima vêm trocando referências poéticas
A partir do Duelo de MCs, Monge e Matéria Prima vêm trocando referências poéticas
A rua é o ponto de confluência dos trabalhos dos MCs Matéria Prima (Thiago Augusto, de 34 anos) e Monge (Thiago Antonio, de 29), que vão se encontrar amanhã, no Grande Teatro do Palácio das Artes. O show Material de Zion reúne composições dos álbuns de estreia de ambos: Material de estudo e CaminhoDeZion, respectivamente. Oriundos da regional Noroeste (Santo André a Alípio de Melo), os MCs vão comandar noite regada a hip hop do Verão Arte Contemporânea (VAC), que volta a privilegiar a manifestação no palco mais nobre da capital.
Monge14852_546917395320696_1741408085_n
“A oportunidade é de mostrar que, além de reivindicações sociais, o movimento tem sonoridade própria”, aposta Matéria Prima, enquanto Monge destaca o fato de muita coisa estar acontecendo na cena hip hop da capital: do grafite à dança urbana, passando pelo trabalho dos próprios MCs. “É a oportunidade de fazer com que o rap seja visto mais como música do que o movimento hip hop em si”, acrescenta Matéria Prima, para quem a diferença entre os dois trabalhos talvez resida no fato de Monge, com o qual ele diz manter afinidade na escrita, desenvolver algo “mais didático”, com uma poética de mais fácil assimilação.
Monge e Matéria Prima
No show, eles estarão recebendo convidados locais (MCs Dmoro, Castilho, Digô, Vinição e DJs LB, Cost e Roger Dee, além da Família de Rua, Spin Force Crew e Radical Tee) e de São Paulo (Slim Rimografia & Thiago Beats e Thaíde). “Apesar de cada um ter o seu relato (poesia), a experiência da rua liga os nossos trabalhados”, concorda Monge, lembrando que ao iniciar carreira, em 2003, Matéria Prima já era uma referência na crescente cena hip hop de BH. O elo entre ambos, propriamente dito, foi o famoso Duelo de MCs, que ocorre semanalmente debaixo do Viaduto de Santa Tereza.

A poética diferenciada faz do hip hop mineiro algo marcante na opinião de Matéria Prima. Em vias de gravar o segundo álbum solo, o MC garante que o disco de estreia acabou permitindo que ele saísse da tensão característica de seu trabalho, graças à participação de produtores de outros estados, como Vinicius Naves e Cabs, de Curitiba, além de Renan Saman, de São Paulo, e Coiote Beats, de Belo Horizonte. No EP CaminhoDeZion Monge gravou oito faixas, número que ele pretende ampliar em um provável segundo volume. Urbanos, universais e contemporâneos, os MCs, como destaca a produção do VAC, prometem conectar a poesia do rap à diversidade sonora, para revelar recortes do cotidiano das metrópoles.

MATÉRIA PRIMA, MONGE & CONVIDADOS
Amanhã, 21h, no Grande Teatro do Palácio das Artes, Av. Afonso Pena, 1.537, Centro. Classificação livre. Ingressos: R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia-entrada). Informações: (31) 3236-7400.

################################################################################################################################
556648_510937735588292_223204159_nassinatura_hemominas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: