PM Invade o Duelo de McS e agride a Juventude e o Hip Hop Mineiro


Acabo de chegar do Duelo de MC’s. Um espaço aberto de encontro do Hip Hop de Minas com mundo. Pessoas de todas as idades (principalmente adolescentes e jovens) e de diversos quebradas vem todas as sextas-feiras ao Duelo para curtir os elementos da Cultura Hip Hop pacificamente.
Esta noite, por volta das 22h50 quando muitos de nós tentavos ir embora, a PM fortemente armada, o Juizado da Infância e Juventude (e pasmem) a TV Record, cercaram a praça e impediram as pessoas de exercerem seu direito de ir e vir. NINGUÉM PODIA SAIR DA PRAÇA PÚBLICA, e por mais de meia hora os jovens foram abordados e revistados. Só a TV Record podia filmar ou fotografar, a PM e o Juizado, que não se identificaram, não deram explicações sobre a ação e tentaram nos impedir de registrar a violência coletiva que estavam realizando naquele momento. Muitos jovens foram levados, revistados e agredidas verbalmente. É um absurdo!!!!

De: Larissa Amorim Borges

________________________________________________
Matsu LucianaNós sabemos a real intenção dessa ação. Por trás da coerção existem objetivos maiores, que batem de frente diretamente com os nossos. A força sendo utilizada, quando na verdade os argumentos já não são suficientes para nos convencer a ceder: o espaço, a dignidade, o direito de ir e vir, exercer e fruir das manifestações culturais que nos une e pertence. Isso entristece sim, mas nos fortalece também. #Resistência
________________________________________________
T-dog Luan Familia Kdois
O órgão alega não ter contigente para trabalhar preventivamente no Duelo de MCs, mas para fazer uma ação conjunta com a mídia para denegrir a imagem de uma ação cultural que há quatro anos vem transformando a cidade e a juventude, tem “profissional” de sobra. Abaixo ao militarismo não declarado.
________________________________________________
RESISTIR SEMPRE!
por Carlos Coutinho
Resistir é preciso! A luta pela continuidade do Duelo de Mc’s não é apenas do movimento hip hop, seu significado é muito maior. É uma luta contra um Estado pautado por ideologias fascistas e higienistas, que tem sua representação maior na figura do “soberano” Márcio Lacerda. É uma luta simbólica a favor da Liberdade, não só econômica, mas de expressão de acesso à cultura e de defesa dos direitos sociais. Cidadãos, movimentos sociais, militantes políticos progressistas e sociedade civil em geral, que prezem por estes valores, devem tomar partido e de alguma forma agregar força à Família de Rua. Não acredito na dicotomia “bem e mau”, mas nesse caso o mau se apresenta de forma clara e inequívoca e deve ser combatido! Resistir sempre!
________________________________________________
Bruna Viana
Galera, isso acontece a muito tempo… com certeza um movimento como o Duelo de Mc’s,e, qualquer outra cultura de rua que seja de grande expressão na sociedade, vão ser marginalizados.E disposição da mídia,da polícia pra tentar abafar isso não vai faltar.
Vamos aproveitar a oportunidade de discutrirmos essas questões e tantas outras que vem atrasando a caminhada do Hip Hop, no Seminário 2000 e Hoje!
________________________________________________

Veja a cobertura fotográfica fotos de:
Larissa Amorim Borges·Tiradas em Belo Horizonte no Duelo de Mc’s embaixo do Viaduto Santa Tereza – BH/MG!


Por Larissa Amorim Borges e Kelin Getsick.Tiradas no Duelo de Mc’s embaixo do Viaduto Santa Tereza – BH/MG!
################################################################################################

8 Respostas

  1. MINHA OPINIAO:

    Por mais que ouvíssemos e ouvimos dizer que a ditadura acabo!Agente ainda ver cenas como estas sendo mostradas, ou melhor, sendo acobertadas porá varias frentes governamentais e redes de TV, no mundo de hoje.

    Bem minha opinião e a seguinte: antes de qualquer coisa peço desculpas a todos, que por ventura venha ser contraria A minha opinião.

    Sou militante desta cultura a muitos anos ,e já vivi o que muitos ,que estão na cultura ainda não viveram..então tenho autoridade pra dizer aqui o que e penso..

    Vim de um tempo em que hip hop era sinônimo de rua, espaço aberto. Porem vivei em uma época que as coisas não era tão liberal da forma que é hoje em dia..
    Drogas existiam sim!Porem quem queria usar fazia de forma mais na calada, e não a céu abeto da forma que é hoje em dia
    O rap veio das ruas e vai ter que ficar nas ruas, e acara de quem curte e de quem ouve e de quem freqüenta porem se não olharmos de uma maneira mais sociável. Termos sempre problemas com a policia com a justiça em fim com as pessoas que estão no comando.
    Os nossos governantes não estão e nunca estiveram nem aí par nossas lutas por melhorias da cultura hip hop.

    Porem meus amigos vamos analisar a situação?

    O espaço e publico! Porem ainda e mantido pela prefeitura. As pessoas que estão a frente dos eventos com certeza já estão ciente disto,pois já faz um bom tempo que realizam os chamados encontros neste local.

    Não era a caar deles já ter pensado em ter arrumado uma licença ou coisa do tipo?
    Não seria cara deles ter tentado conscientizar os usuários de drogas a usar em outro lugar?
    Não seria a cara deles ter procurado se aproximar mais das pessoas que freqüentam o lugar ou que tenha ido poucas vezes e ter perguntado para elas o que elas estavam achando do movimento naquele lugar?E o que eles achavam que pudesse ser mudado ou melhorado?

    A Mídia infelizmente tem os dois poderes de levantar ou derrubar e ainda de manipular as pessoas.
    A REDE RECORD de televisão e uma grande emissora com certeza.que faz uma belo trabalhão em minas gerais..porem nos últimos anos esta atrás somente da famosa e toda poderosa REDE GLOBO..e ira fazer de tudo pra adquirir seus pontos no ibope.e isto incluir falar mal de tudo e de todos ,pois esta e uma das partes piores da REDE RECORD ,infelizmente a bola da fez esta sendo os encontros debaixo do viaduto.

    Mas ma minha opinião isto já era fato,poderia ter acontecido a muito tempo..pois foi uma ação tomada pela policia militar ,que não foi decidida de uma hora me nem chegaram nos seus comandantes e disseram a sim..vai ala agora no viaduto e faz uma grande operação..
    Aposto que eles tiveram tempo pra argumentar o que eles iria fazer. Certo ou não?
    Este mesmo tempo vcs também tiveram e no fizeram uso..

    Por tanto meu povo do hip hop e apreciadores, a palavra é:
    SABER:
    Esta sim tem de ter, saber se relacionar ,saber se informar,saber na real qual são seus direitos e deveres..
    Iremos ser fortes quando apreendemos que a união tem de existir que a alto valorização tem de existir ,em fim.que não podemos nos separar e cada um fazer as coisa acontecerem da sua maneira.
    De que vc não vence ma grande guerra se não tiver soldados leais ao seu lado.

    Peço desculpas mais uma fez por colocar aqui minha opinião.pois ela de certa foram pode ter parecido meio contraditória..
    Mais estou aberto a clíticas paz a todos !!!

    E nois : DJ number one

  2. ah esqueci e nao e vergonha nao esta já é a pratica sistematica deste Estado opressor do povo pobre

  3. JA SABEMOS QUE PRA ESTES CAPITALISTAS SANGUINARIOS NADA PODE SER OFERECIDO À CLASSE MENOS FAVORECIDA,POR ISTO ELES PRECISAM SE VALER DO UNICO MEIO QUE CONHECEM QUE É O USO DO SEU BRAÇO ARMADO PARA FORÇAR AS PESSOAS ACEITAREM FAZER O EVENTO EM ESPAÇO FECHADO ONDE ELES POSSAM GANHAR DINHEIRO.ISTO EM PRIMEIRO MOMENTO PORQUE DEPOIS ELES MOSTRAM O OBJETIVO REAL QUE É ACABAR DE FATO COM O EVENTO JA QUE ESTA BURGUESIA PODRE NAO ACEITA DE FORMA NENHUMA QUE O POVO SE ORGANISE O BH CANTA E DANÇA TAMBEM FOI EXTERMINADO DESTA FORMA PRIMEIRO SE CRIARAM UM CLIMA DE TERROR EM TORNO DAQUELE EVENTO DIZENDO QUE TINHA MUITA DROGA,CRIMINALIDADE,ATE DIZIAM QUE AS MUSICAS INDUZIAM AS PESSOAS A PRATICAR TAIS ATOS HOJE NAO SE FALA MAIS NO ASSUNTO AGORA PREPARAM NOVA INVESTIDA CONTRA.DIVERSAO POPULAR ORGANIZEM-SE PARA NAO PERMITIR QUE A TRUCULENCIA DOS REPRESENTANTES DA BURGUESIA OS VENÇAM NOVAMENTE

  4. Revolta!

    sergio vaz
    Poeta

  5. Essa cena é comum no Brasil, onde o Estado opressor de direito nos mantém aprisionados numa suposta democracia racial. Me lembra os capoeristas, sambistas e rastas sendo caçados nas ruas como criminosos só pelo despudoramento de sua afirmação sócio-cultural.

  6. Realmente é uma vergonha o que acontece em nosso país, ouvimos os gritos mudos da população, e vemos a furtividade dos opressores que nas câmeras são salvadores, mas na realidade são corruptos, assassinos e estelionatários. Temos que nos unir, só através da união poderemos acabar com essa digamos “situação”, nos unindo como aconteceu no fim da ditadura, deu certo antes e dará certo de novo, são eles quem devem nos servir, e não o contrário.

  7. LAMENTÁVEL!
    É o que eu tenho pra falar.
    Não só pelo fato de estar impedindo a cultura hip-hop de ser propagada com seus diversos fins, mas pela maneira como os movimentos sociais são interpretados por quem não conhece. Pessoas com o pensamento conservador de ordem e organização social não percebem que a sociedade contemporânea está longe de se tornar novamente padronizada como faziam na ditadura militar. A liberdade nos é garantida em lei, portanto, qualquer forma de repressão sem motivos claros ao meu ver é exagero!
    E a TV, como sempre, quer ganhar dinheiro passando informação torta pro povão. Desse jeito as coisas não andam. Estão nos privando da verdade e nos impedindo de sermos livres.
    Mas isso deve servir como combustível para não desistirmos! #RESISTÊNCIA

  8. nossa… por onde começar?

    acho que primeiro: pela ação coletiva (não quero materializar ou memorializar ninguém), mas sim as energias que realmente modificaram por baixo daquele viaduto, não sou de BH, mas sempre que posso me anteno nas paradas que está rolando, e respeito pra caralho o rap belorizontino. já fui na batalha, vi rapers que tão abalando em sp hj se apresentando lá, é um movimento de força, mudança, conquista e realizações pessoais, onde a obrigação da cultura se transforma em atividade espetacular. covardia, imperialismo, brutalidade, não sei, não sei mesmo, mas eu sei de uma coisa, enquanto tiver esquinas endeusadas de índios e estados brasileiros, geometria e simetria que não pode ser modificada, a tendência é parar mesmo a mutação, a apropriação, o uso público, isso mostra mais que relativamente as politicas maçantes e sem desbravar nada que se constitui dentro de Belo Horizonte, (porque de desenho meus amigos todo mundo é bom) né não Lúcio Costa? e já diria “Caco Pontes: (o tempo passa, o tempo voa, e nunca mais eu vi a poupança bamerindus.)” só posso acreditar que o rap incomode alí as ilustres espíritos e lembranças lembranças de Kubitschek e Drummond. Não importa mais quantos viadutos, seguranças, e o caralho a quatro, o rap de BH é mais que tudo isso, e tem que se manisfestar indo pras ruas, fazer duelo na sala desses comédias, porque da cidade quem toma conta são vocês, quem é que ocupa a cidade naquela hora? __ são vocês! quem se confia estar de rolé no centro de BH pela noite? só os loucos!
    e boto fé que o rap vai sobreviver em qualquer lugar, em qualquer buraco, de algum penhasco ainda ouviremos sua voz!

    indignado pra…!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: