PARTICIPAçãO POPULAR » Confusão na posse


Um desentendimento envolvendo o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, e o conselheiro que representa o segmento de culturas populares, Alan Vinicius, marcou a cerimônia de posse do Conselho Municipal de Cultura (CMC) na manhã de ontem. A implantação do conselho é processo que se arrasta desde 2003, mas somente este ano foi concretizado. Regulamentado pela Lei 9.577/08, o conselho teve seus integrantes eleitos em setembro e a posse era aguardada com ansiedade pelo setor.

Em solenidades envolvendo o prefeito e a classe cultural tem sido comum um clima de beligerância. Não foi diferente durante a cerimônia de posse do CMC. Alan Vinicius disparou crítica em voz alta direcionada a Lacerda. “Disse que a cidade está vivendo um processo de higienização e a cultura aqui tem sido vista dessa forma”, conta. Diante da crítica, o prefeito pediu que a segurança retirasse o conselheiro do auditório. Em nota, a prefeitura afirmou que “por diversas vezes, os discursos dos representantes do poder público e da sociedade foram interrompidos por ‘palavras de ordem’ de alguns manifestantes, até que um deles tentou agredir o prefeito, o que levou a uma ação rápida por parte da segurança”.

Como Alan era um dos conselheiros eleitos a serem empossados, os demais colegas paralisaram a cerimônia exigindo o retorno dele à sala. Em seguida, a solenidade foi finalizada sem tumulto, com a presença do conselheiro. “A Prefeitura lamenta o ocorrido e reforça sua convicção de que a democracia envolve direitos e deveres por parte de todos os cidadãos, no sentido de que haja respeito mútuo e diálogo mesmo entre aqueles que não compartilham das mesmas ideias ou posições políticas”, completa a nota.

O Conselho Municipal de Cultura de Belo Horizonte é composto por 30 integrantes, sendo 15 titulares e 15 suplentes. Foram eleitos seis representantes setoriais das áreas de artes cênicas, audiovisual, artes visuais, literatura, música e manifestações populares e nove representantes das regionais da prefeitura. O conselho tem competência para deliberar sobre as diretrizes da política cultural da cidade.

Conselho Municipal de Cultura

» Representantes setoriais

Artes cênicas: Cida Falabella (titular), sem suplente;
Audiovisual: Anna Flávia Dias Salles (titular) e Silvana Soares da Silva (suplente);
Artes visuais: Simone Zanol (titular) e Brígida Moura (suplente);
Literatura: Anibal Henrique Macedo (titular) e José de Alencar Mayrink (suplente);
Música: Fernando Barbosa de Oliveira (titular) e Lucas Mortimer (suplente);
Manifestações populares: Alan Vinicius Jorge (titular) e José Luiz Lourenço, o Mestre Conga (suplente)

» Representantes Regionais

Regional Barreiro: José Valter Dias (titular) e Roberto Ferreira da Silva (suplente);
Regional Centro-Sul: Rafael Barros Gomes (titular) e Silvestre dos Santos Filho (suplente);
Regional Leste: Elcio Ribeiro (titular) e Francislei Henrique Santos (suplente);
Regional Noroeste: Célia Francisca Soares (titular) e Aristóteles Caetano da Silva (suplente);
Regional Norte: Glaydson Dias de Paula (titular) e Eliodora Neri Moreira (suplente);
Regiona Nordeste: Antônio Geraldo de Faria (titular), sem suplente;
Regional Oeste: Helio Azevedo de Paula (titular) e Antonio Borges Nascimento (suplente);
Regional Pampulha: Wander Evangelista do Nascimento (titular) e Eduardo dos Reis Evangelista (suplente);
Regional Venda Nova: Marcos Henrique Pereira Ribeiro (titular) e Lucia César dos Santos (suplente)


Fonte: Carolina Braga
####################################################

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: