Violência Contra a Mulher: Entendendo a Agressão


A agressão é um padrão de comportamento empregado para exercer poder e controlar outra pessoa mediante medo e intimidação, freqüentemente incluindo a ameaça ou uso de violência.

A agressão acontece quando uma pessoa acredita que ele, ou ela, tem o direito de controlar o outro.

Agressões a membros da família podem ocorrer de muitas formas.
Podem incluir agressão emocional, abuso econômico, abuso sexual, usar os filhos para manipular as emoções do cônjuge, ameaças, invocar privilégio masculino, intimidação, isolamento, e uma variedade de outros comportamentos utilizados para manter o medo, a intimidação, e o poder.

Em todas as culturas, os agressores são geralmente os homens da família. As mulheres geralmente são as vítimas da violência.

O abuso às crianças e o mau trato aos idosos também são comuns. Atos de violência doméstica geralmente ocorrem em uma das categorias seguintes:

· Agressão física – os ataques físicos do agressor, ou seu comportamento agressivo podem variar desde ferimentos ao assassinato.

Começa freqüentemente com atos dos quais procura se desculpar, como agressões triviais, que aumentam e tornam-se ataques mais freqüentes e sérios.

· Violência sexual – ataques físicos pelo agressor são acompanhados freqüentemente por, ou que culminam em violência sexual em que a mulher é forçada a ter relações sexuais com o agressor e/ou participar em atividade sexual não desejada.

· Agressão psicológica – as violências psicológicas ou mentais incluem abuso verbal constante, injúrias, possessão excessiva, isolar a mulher da família e dos amigos, privação de recursos materiais e econômicos, e destruição de propriedade pessoal.

Escalada da agressão:

Começa freqüentemente com comportamentos como ameaças, xingamentos, violência na presença de vítima (como esmurrar uma mesa ou uma parede), e/ou danos a objetos ou animais. Pode alcançar privações, empurrões, dar um tapa ou um soco.

A agressão pode incluir esfaqueamento, ponta-pés, mordidas, ataque sexual, empurrões e/ou jogar a vítima ao chão. Finalmente, pode chegar a tal ponto que representa ameaça à vida ou ferimentos sérios, como fraturas ou uso de armas.

O que causa a agressão?

Muitas pessoas tentaram explicar por que alguns homens agridem suas companheiras. Tais explicações incluem: disfunção familiar, comunicação inadequada, provocação da própria mulher; dão ênfase também: estresse, à dependência química, falta de espiritualidade e dificuldades financeiras.

Embora todas as coisas acima relacionadas possam estar associadas com a agressão, elas não são sua causa. A remoção desses fatores não acabará com a violência dos homens contra as mulheres.

Um homem bate porque é um método efetivo que encontrou para conseguir e manter controle sobre a companheira, e porque normalmente ele não sofre conseqüências adversas decorrentes de seu comportamento.

Os fatores mencionados não seriam aceitos como desculpa para um homem que atacasse violentamente outro homem na rua.

Nem deveriam ser aceitos como uma defesa razoável para justificar crimes de violência doméstica.

Historicamente, a violência contra as mulheres não foi tratada como um crime “real”. Isto é evidente na falta de conseqüências severas a tais atos. Os agressores provêm de todos os grupos e meios sociais, e têm todos os tipos de personalidades.
###############################################

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: