Pelos quatro cantos


Festival Transborda entra na reta final com as mais interessantes atrações de sua programação. Encerramento será no domingo

Organizador do Festival Transborda, Lucas Mortimer usa o mote do evento para falar do formato de sua segunda edição, que termina domingo: “O número de shows é mais ou menos como do ano passado. A diferença é que o festival descentralizou, ‘transbordou’ a área da Avenida do Contorno”. Isso porque, ao contrário da Praça da Estação, que recebeu os principais shows em 2010, agora a programação vai ocupar uma série de espaços públicos em diferentes regiões de Belo Horizonte.

Ao longo desta semana, debates e mostras tomaram conta da Fafich, no câmpus da UFMG, na Pampulha. Os shows mais importantes rolam a partir de hoje. No Granfino, a noite promete ser quente, já que será ali que o Vanguart lança seu novo álbum, Boa parte de mim vai embora. Amanhã serão seis lugares diferentes, quatro deles centros culturais da prefeitura. “O coletivo Pegada (que realiza o festival) dá suporte a várias bandas. Algumas delas acabaram organizando a programação dos centros culturais”, explica Mortimer.

A banda Aldan, por exemplo, ficou a cargo dos shows na Vila Marçola, enquanto o Festenkois toca no Centro Cultural Lindeia Regina. “Foram selecionadas bandas que tivessem a cara de cada espaço”, continua Mortimer. Vários grupos são locais, mas há também muita gente boa que está vindo de fora: Lurdez da Luz (São Paulo), Mukeka di Rato (Espírito Santo), Violins (Goiás), Cérebro Eletrônico e Criolo, também de São Paulo. Esses dois últimos são as principais atrações do último dia do Transborda. No domingo, uma série de shows vai tomar conta da Praça do Papa.

O rapper Criolo se apresenta domingo, na Praça do Papa (MTV/Divulgação)
O rapper Criolo se apresenta domingo, na Praça do Papa

Programação

Hoje

12h – Tempo Plástico, na Fafich (câmpus UFMG, Av. Antônio Carlos, 6.627, Pampulha). Entrada franca

22h – Vanguart, Graveola e o Lixo Polifônico e DJ Luiz Valente, no Granfino
( Av. Brasil, 326, Sta. Efigênia). R$ 25.

Amanhã

9h – Acidogroove, K2, A Fase Rosa, Abrantes, Djâmbe, no Centro Cultural Lagoa do Nado (Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904, Itapoã). Entrada franca.

10h – Clube de Patifes, Valsa Binária, Monograma, Grafômanos, na Escola de Samba Cidade Jardim (Rua Gentios, 1.415, São Bento). Entrada franca.

14h – Mukeka di Rato, Seu Silva, Festenkois, Absurda, Kingsizebox, no Centro Cultural Lindeia Regina (Rua Aristolino Basílio de Oliveira, 445, Regina). Entrada franca.

14h – Lafusa, 4Instrumental, A Nuvem, !Slama, Kayajhama, no Centro Cultural Vila Marçola (Rua Mangabeira da Serra, 320, Serra). Entrada franca.

14h – Lurdes da Luz, Fleeting Circus, Kontrast, Local-Z, Groove da Esquina, no Centro Cultural São Bernardo ( Rua Edna Quintel, 320, São Bernardo). Entrada franca.

Domingo

14h – Dokttor Bhu e Shabê, Silva Soul, Capim Seco, Quarteto VagaMundo, Zimun, Violins, Chakal, Dibigode, Cérebro Eletrônico, Fritonahora, Criolo, na Praça do Papa.
Entrada franca.
###############################################################################################

Uma resposta

  1. criolex vai ser palaaa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: