Três Mitos



Por DJ TyDoZ

Ao longo dos anos a gente se acostuma a ouvir algumas afirmações sobre o hip hop que parecem verdade, mas que não passam de factóides. Eis três desses mitos:

1) “RAP” é uma sigla para “rhythm and poetry” (ritmo e poesia em português). O verbo e o substantivo “rap” fazem parte do vernáculo da língua inglesa há pelo menos sete séculos, sim, setecentos anos.

O vocábulo “rap” tem diversos significados, e o que é atribuído ao canto falado do hip hop data de 1967. É o que nos atesta o prestigiado dicionário Merriam-Webster.

Notem que nos mais influentes filmes sobre o início do hip hop, como Style Wars e Wild Style, não há nenhuma menção à sigla. O termo foi cunhado depois, muito bem sacado, diga-se de passagem. A sigla tem hoje pelo menos 99 significados.

2) O “scratch” (manipulação de um disco de vinil para criação de efeitos percussivos) surgiu por acaso. A genial criação de Grand Wizard Theodore não aconteceu assim ao acaso como muitos pensam.

Acostumado a mixar discos desde pequeno, o que requer que se segure o disco no prato do toca-discos, ele teve a ideia de começar a mover o disco pra frente e pra trás depois de a agulha cair em um ponto da música onde havia um efeito interessante.

Outros DJs da época certamente já tinham, acidentalmente ou não, movido um disco de vinil para frente ou para trás pra poderem mixar, mas sem dar muita atenção.

Foram Grand Wizard Theodore e Grandmaster Flash os idealizadores de um dos traços mais característicos da música do hip hop. Aliás, a primeira gravação de uma música com arranhões foi de Grand Master Flash, na histórica e inesquecível “The Adventures of Grandmaster Flash On The Wheels of Steel”, de 1981.

3) O “gangsta rap” foi criado pelo grupo N.W.A. (Niggaz With Attitude). A primeira música “gangsta” foi gravada por Ice-T. “6 In The Morning” (1986) é o primeiro rap da história a narrar as atribulações de um jovem negro e pobre envolvido com crime e perseguição policial.

No mesmo ano, Schoolly D, rapper da Filadélfia, lançou um álbum com várias músicas consideradas “gangsta”, como “Gucci Time” e “PSK – What does it mean?”.

Boogie Down Productions em 1987 gravou o primeiro disco “gangsta” de Nova Iorque.

O N.W.A., sem dúvida, popularizou o estilo como ninguém no disco “Straight Outta Compton” (1988), um dos maiores clássicos da história do hip hop.

Mais pra frente discutiremos outros. Até lá.

http://www.facebook.com/tydoz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: